sábado, 3 de julho de 2010

Process Of Guilt - Erosion

Para quem está a par do underground nacional já todos ouviram falar dos Process Of Guilt, foram a banda portuguesa mais falada em 2009, uma banda que invadiu a Europa com um segundo álbum intitulado “Erosion”, um autêntico clássico de Doom Metal. Para quem não os conhece, são uma banda de Doom/Death Metal de Évora formados em 2002, no que toca a lançamentos a banda lançou duas Demos: “Portraits Of Regret” em 2002 e “Demising Grace” em 2004, ambas auto-financiadas, lançaram 2 álbuns de estúdio fantásticos através da editora portuguesa Major Label Industries: “Renounce” em 2006 e “Erosion” em 2009. Saiu em CD normal com booklet, e também foi lançada uma edição limitada a 100 cópias em formato Slipcase, que esgotou muito rapidamente.

Neste álbum os Process Of Guilt conseguiram superar-se a si mesmos, 6 temas constituem este magnífico álbum de Doom Metal, todo o álbum é espectacular, só faz sentido ouvi-lo como um todo, é um trabalho que nos leva a uma dimensão de depressão, tristeza, raiva, solidão… O som é pesado, “seco” e lento, leva-nos a uma dimensão negra, poderosa e fria como o gelo. Com a primeira música “Dust (The Circle Part I)” ficamos logo com a impressão de que a banda evoluiu bastante desde o álbum Renounce, é uma grande música, com uma melodia brutal, umas das melhores introduções que ouvi até hoje, é um tema marcado pelo refrão And still the pain is always the same”, um refrão que ecoa vezes sem conta como um desespero que não acaba, e os guturais do Hugo nesta música são extraordinariamente fenomenais e muito bem trabalhados. “Waves (The Circle Part II)” possui-me completamente, é na minha opinião a melhor faixa do álbum, é a música mais negra e fria do álbum e aquelas guitarras e a bateria lentas quase no final fazem desta música uma música espectacular que nos faz viajar numa dimensão musical espectacular, sem explicação possível, é ouvir para crer. “Corrosion (The Circle Part III)” é mais uma vez, uma música extraordinária, uma das pesadas e gélidas de todo o álbum, com uns guturais soberbos do início ao fim. “Lava (The Circle Part IV)”, é um tema que começa muito lentamente e vai acelerando até que chega a um clima de raiva e dor muito contagiante, “Abandon (The Circle Part V)” é a música mais fria e crua deste trabalho, sentimos um “clima” de autêntica solidão e angústia acompanhada por uma atmosfera extremamente fria e arrepiante. Este grande longa-duração termina com uma música instrumental “The Circle (Erosion Part I)” que do início ao fim nos dá a sensação duma viagem espectacular ao lado mais negro das nossas almas, pelo vazio, pelo nada, tristeza, solidão, algo só quem já sentiu o consegue compreender.

Comprem o álbum, estes senhores criaram um culto muito importante no que toca ao Doom/Death Metal quer cá dentro, quer lá fora, Erosion é um autêntico clássico que vai ficar na História do Metal em Portugal e como um dos melhores álbuns de Doom/Death de sempre a nível internacional, ouvi-lo com a aparelhagem bem alta, seguir as letras e entrar na dimensão da erosão é uma sensação única, é uma viagem negra e fria.

2 comentários:

  1. Encomendas para: merch@processofguilt.com
    10€ + portes

    ResponderEliminar
  2. Process of Guilt é que dá vontade de curtir a vida.

    ResponderEliminar