terça-feira, 2 de novembro de 2010

Prayers Of Sanity - Religion Blindness





















Comecei a ouvir estes gajos algures em 2009, quando saiu este álbum de estreia andei muito viciado uns meses, mas só agora é que decidi escrever sobre eles. Os Prayers Of Sanity são uma banda portuguesa de Thrash Metal, formados em 2005 em Lagos (Algarve). Qualquer pessoa que ouça os ouça pela primeira vez pensa que é uma banda antiga, soa a Thrash Metal Old School, as influências que nos vêm logo à cabeça são: Pantera, Metallica, Slayer, Exodus, Testament… Ok, o género não é o mais original, mas também estou-me nas tintas para isso, isto é Thrash Metal do mais puro que há e os Prayers Of Sanity têm uma qualidade muito boa, é uma banda de eleição no género.

“Religion Blindness” é o título do primeiro trabalho deste jovem quarteto algarvio, tem 8 músicas, todas elas muito boas, umas mais aceleradas como Exodus ou Testament, outras mais calmas (semi-baladas) como os Metallica, a bateria é sempre a malhar e não nos podemos esquecer da grande voz Old School de Tião e os solos e riffs espectaculares. As letras (como se pode imaginar pelo título do álbum) são de crítica social e religiosa, letras muito originais na minha opinião. O que me custa a acreditar é como este álbum, com uma qualidade extremamente boa, é independente, uma banda como estas sem editora, só mesmo em Portugal.

“Religion Blindness” é a primeira música, uma música muito boa, com um refrão muito fixe, e aos 2:15 minutos a voz de Tião parte-me todo, mesmo à antiga, e depois a parte do “Fire” é demais! “Waiting On Death Row” a seguir, nem dá para descrever muito bem, é uma música rápida com a voz forte e agressiva de Tião, o solo final é espectacular, nota máxima para a grande dupla de guitarristas! O início da “Evil May Die” é lindo, faz-me lembrar muito Metallica, com uma melodia calma e serena, depois a música é muito rápida, destaque para o vocalista Tião especialmente na parte final da música, esta é a minha preferida de Prayers Of Sanity. A seguir vem outra grande malha, uma música super veloz “No Redemption” onde se notam várias influências de Slayer, o baterista Bruno merece aqui um grande destaque, a bateria nesta música é muito intensa, destacar aqui também a letra da música que é extraordinária. “Shards Of Evil” é das melhores semi-baladas que ouvi até hoje, é uma música linda com uma letra fantástica, faz-me lembrar as baladas de Metallica depois “Monochromatic War” e “Something Kills You All” são duas grandes músicas parecidas com a fase do “Cowboys From Hell” dos Pantera. Shadow Crawler é o tema ideal para terminar o álbum.

“Religion Blindness” é um excelente trabalho, é daqueles álbuns que qualquer gajo das velhas guardas do Thrash vai ouvir durante anos, os Prayers Of Sanity são uma banda excelente com muita qualidade e que vão ter um grande futuro pela frente, já começam a dar que falar lá fora: uma Mini Tour na Irlanda, um concerto nos Estados Unidos, foram ao Wacken Open Air 2010… Quem sabe o que o futuro lhes reserva!

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. foram ao WACKEN OPEN AIR 2010

    ResponderEliminar
  3. Melhor banda portuguesa de Thrash caralho |m|

    ResponderEliminar
  4. Encomendas para: prayersofsanityband@hotmail.com
    10€ + portes

    ResponderEliminar