domingo, 19 de junho de 2011

Miss Cadaver - Miss Cadaver

Os Miss Cadaver são o projecto paralelo de dois membros dos Machinergy (Ruy e Hélder) oriundo de Arruda dos Vinhos, vila situada nos arredores de Lisboa, e nasceu em Setembro de 2009. O objectivo primordial que esteve na sua origem foi o desejo de criar algo transportador de uma mensagem forte e frontal sobre as várias injustiças que grassam no nosso imundo submundo e mais concretamente neste cantinho à beira-mar plantado, paraíso de ladrões, corruptos, cada vez com mais diferenças sociais, acentuando-se as mesmas de dia para dia e que auguram um futuro (muito) pouco promissor. Lançaram recentemente uma Demo homónima com quatro músicas e estão actualmente a trabalhar num CD com 11 temas que se intitulará “Morte Ao Fado”. Thrash/Punk/Crust, o que lhe quiserem chamar, atitude revolucionária e crítica àquilo que se passa (de mal) no nosso país são as principais características deste projecto. A edição da Demo, com um formato em cassete à Old School, ficou a cargo da sempre respeitosa Degradagem Records, perita na busca de grandes talentos no Punk/Grind nacional.

Este duo fantástico pratica um Crust/Thrash com uma atitude Punk incrível com algum Death Metal à mistura. Encontramos aqui, muitas parecenças com Machinergy a nível da voz, mas a nível instrumental não tem nada a ver, somos brindados com 4 temas sujos, rápidos e curtos que abordam a política portuguesa, injustiças sociais e sobretudo, a mentalidade retrógrada do nosso país. Influências? A velha escola do Punk: Ratos De Porão, Simbiose, e até Napalm Death. Não é um registo de estreia perfeito, nem é para ser, é apenas uma Demo. A voz de Ruy podia variar um pouco e apostar naqueles vocais Punk mais agudos e sujos e os temas podiam (deviam) ser mais rápidos e agressivos. Temos boas melodias de guitarra, grandes riffs, e uma bateria muito bem trabalhada. “Lobby Militar”, a fantástica “Funeral Cultural” com versos fantásticos como “É só números / falsas promessas / a cultura / não interessa”, “9.5” e “Basta”, são os temas sujos e “imorais” que constituem este primeiro trabalho com uma qualidade bastante boa, mas que, consequentemente, torna-se um pouco monótono.

Estamos perante uma das melhores bandas de Crust de Portugal e que promete já um bom futuro e que não tarda nada se estará a juntar a grandes bandas como Deskarga Etilika, Simbiose e Vai-te Foder e etc. O álbum de estreia está quase aí (com a Amália na capa), e, enquanto não vem, desfrutemos desta Demo “Miss Cadaver” limitada a 100 cópias e prestes a esgotar. Para quem não “aprecia” este tipo de formato, os temas encontram-se disponíveis para audição no MySpace da banda.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Encomendas para: misscadaver2009@hotmail.com
    2,50€ + portes

    ResponderEliminar
  3. Notas/Curiosidades:

    1) “Lobby Militar” foi o 1º tema composto por Miss Cadaver.

    2) O título “9.5″ significa das 9.00 às 17.00 horas, vulgo horário “normal” de trabalho.

    ResponderEliminar